Quem sou eu

Minha foto
Campinas, São Paulo, Brazil
Psicólogo Clínico Junguiano com formação pela Unicamp, terapia corporal Reichiana, Hipnoterapeuta com formação em Hipnose Ericksoniana com Stephen Gilligan.E outras formações com Ericksonianos: Ernest Rossi, Teresa Robles, Betty Alice Erickson. Formação em Constelação Familiar Sistémica pelo Instituto de Filosofia Prática da Alemanha. Uma rica e inovadora terapia divulgada em toda Europa. Professor de Hipnoterapia, além de ministrar cursos de Auto-conhecimento como Eneagrama da Personalidade e Workshop de Constelação Familiar Sistémica em todo o Brasil. Clínica em Campinas-SP. Rua Pilar do Sul, 173 Chácara da Barra. Campinas-SP F.(19) 32950381

Uma relação de ajuda

Como é bela, intensa e libertadora é a experiência de se aprender a ajudar o outro. É impossível descrever-se a necessidade imensa que têm as pessoas de serem realmente ouvidas, levadas a sério, compreendidas.
A psicologia de nossos dias nos tem, cada vez mais, chamado a atenção para esse aspecto. Bem no cerne de toda psicoterapia permanece esse tipo de relacionamento em que alguém pode falar tudo a seu próprio respeito, como uma criança fala tudo "a sua mãe.
Ninguém pode se desenvolver livremente nesse mundo, sem encontrar uma vida plena, pelo menos...
Aquele que se quiser perceber com clareza deve se abrir a um confidente, escolhido livremente e merecedor de tal confiança.
Ouça todas a conversas desse mundo, tanto entre nações quanto entre casais. São, na maior parte, diálogos entre surdos.
Paul Tournier.

segunda-feira, 29 de julho de 2013

Respiração do Renascimento em Campinas.



“Tem sido possível confirmar repetidamente a observação de Wilhelm Reich de que as resistências e defesas psicológicas usam os mecanismos de restringir a respiração. A respiração ocupa uma posição especial entre as funções psicológicas do corpo. É uma função autônoma, mas também pode ser facilmente influenciada pela vontade. Aumente a quantidade e profundidade da respiração, especialmente se libertando das defesas psicológicas, e se conduza à libertação e à saída da inconsciência.”                                                  Stanislav Grof 

O Renascimento – Terapia da Respiração é um simples e poderoso instrumento de limpeza e cura física e emocional.

O que é Renascimento?

Renascimento também chamado Terapia da Respiração Consciente é uma técnica simples e poderosa que nos ajuda a trazer mais consciência, totalidade e liberdade para a vida. É um processo profundo de auto-investigação e de crescimento pessoal, que pretende clarear e eliminar os bloqueios e tensões que contraímos no corpo desde o nascimento e infância até a vida adulta. Estas experiências dolorosas originaram condicionamentos e formas de funcionar limitantes que nos aprisionam e nos impedem de sermos autênticos e totais.

A Respiração Consciente usada no Renascimento é um reaprender a conectar a inalação e exalação, em um ritmo amplo e relaxado, que refresca o corpo e a mente, e distribui generosa e abundantemente a energia vital para todo ele. Este processo limpa o sistema nervoso e o sistema circulatório, nutre as células e os órgãos, equilibra e cura nossa mente, nosso corpo e o nosso espírito, integrando-os.

Nossos sentidos nos põe apenas em contato com nossa mente, mas nossa consciência nos põe em contato direto com nosso coração, com os nossos sentimentos. E disso é que temos medo. Por isso muitos de nós vivemos para fora, no mundo da mente, no mundo do tempo, revivendo o passado e preocupados com o futuro. No Renascimento atingimos a dimensão do não-tempo, do presente e nos conectamos com a repentina delícia e beleza de simplesmente SER!” 

Na década de 70 o norte americano, Leonard Orr desenvolveu uma técnica chamada Rebirthing (Renascimento), também conhecida no Brasil como Terapia da Respiração Consciente que nos ajuda a liberar estes bloqueios, tensões e contrações. Foi constatado que cada ser humano respira de forma diferente, segundo padrões de condicionamentos desenvolvidos a partir do nascimento e da infância. Esses padrões indicam com acuidade os bloqueios emocionais e as limitações no nível de comportamento e expressão criativa que nos afetam.

 Renascimento é uma técnica que utiliza conscientemente o processo respiratório para promover a diluição de bloqueios e tensões que contraímos no corpo desde o nascimento. Desde que nascemos, e às vezes dentro do útero, não somos incentivados a sermos totais, a nos expressarmos espontaneamente, muito pelo contrário, desde pequenos “aprendemos” que se nos comportarmos de “certa maneira”, se não expressarmos o que somos e sentimos seremos aceitos, pelos pais, professores e/ou grupo social. O que acontece é que tudo isto que não expressamos vai sendo contraído no corpo.

Muitas correntes terapêuticas de abordagem corporal têm centrado suas pesquisas no ciclo respiratório, definindo sua importância como chave primordial na busca de maior equilíbrio e bem estar na vida. O Renascimento é uma destas técnicas. É a técnica que experimentei e transformou minha vida, por isso resolvi me especializar nela... para mim o Renascimento é uma técnica simples, poderosa e que “funciona” no sentido de propiciar uma transformação concreta na vida das pessoas que a experimentam.

Todas as resistências, memórias .... tudo o que nós contraímos até então, nos fazem fechar para a vida. A magia do Renascimento está em podermos entrar em contato com estes sentimentos limitantes e descontrairmos, liberarmos. Ao fazer isto entramos cada vez mais em contato com o nosso ser, com a nossa essência ... conseqüentemente vivemos uma vida mais consciente, mais real, mais focada no aqui e agora.

É uma experiência de se abrir para a vida e tudo o que é contrário a isto, quer no nível físico (tensões no corpo, dores), emocional (sentimentos e emoções não expressas) e mental (memórias e lembranças traumáticas) vem à tona para ser dissolvido, expandido, curado.

É possível através desta técnica ter consciência de traumas ou situações bloqueadas da vida no útero. Tudo o que foi contraído vem à tona para ser liberado. Sabemos hoje, que já dentro do útero o bebê recebe tudo o que a mãe sente. Se a mãe rejeitou a gravidez, se teve uma gravidez conturbada o bebê também experimentou isto.
Respiração do Renascimento em Campinas.

domingo, 28 de julho de 2013

Renascimento (Rebirthing) em Campinas



A Respiração do nascimento (rebirthing) ajuda a liberação dos bloqueios e traumas emocionais acumulado desde seu nascimento, aumentando o poder de seu sistema imunológico e levando você a uma integração curadora entre a mente inconsciente e a sua consciência. Você irá romper com padrões de respiração condicionados por situações traumáticas em sua vida, o que libera a tensão de estruturas físicas e mentais.

A Respiração é um processo orientado para o corpo e pelo corpo. Renascimento (rebirthing), bioenergética, hipnose. Acompanhada por toques e trabalhos corporais, esta técnica abrangente abre dramaticamente o fluxo interno de energia, para permitir que você experimente sua total capacidade de amor e consciência.

O trabalho enfatiza a interconexão entre você e sua respiração. É possível notar que quando há um forte sentimento de medo ou dor, você inconscientemente prende a respiração. Por outro lado, quando há um forte sentimento de prazer ou alegria, você naturalmente respira grande, mais profundamente. Tornando-se consciente de seus padrões de respiração, ao mesmo tempo em que libera os bloqueios existentes por meio das diferentes técnicas utilizadas, você pode libertar-se de padrões negativos, se tornar mais seguro, enraizado em sua realidade presente, com maior liberdade de expressão e saúde radiante.
Redescubra a espontaneidade e inocência que você teve quando criança e amplie sua capacidade de amar com base na confiança, clareza e consciência.

Wilhelm Reich (fundador das psicoterapias corporais no ocidente) apontou o papel fundamental da respiração em todos os fenômenos da repressão de desejos e emoções, mostrando que todas as repressões estão ligadas, em sua base, a uma repressão da respiração. Neste trabalho há um aprofundamento da respiração e da consciência, o que permite profunda liberação emocional.
Quando o processo é feito individualmente, tanto o cliente quanto o facilitador conseguem dedicar maior atenção aos assuntos pessoais e padrões que precisam ser modificados no momento.

Gaiarsa, sobre a respiração circular:
“Em 50 anos de atividade profissional, com inúmeras buscas e experiências, a respiração circular me parece a melhor tentativa para resolver problemas emocionais de quem quer que seja, e qualquer que seja a natureza do problema, e a prática freqüente vai estimulando um processo continuo de mudança.”
* Trecho retirado do livro “Respiração, angústia e renascimento”, de José Ângelo Gaiarsa, renomado Médico Psiquiatra e um dos introdutores das psicoterapias corporais no Brasil.
Terapia de Respiração do Renascimento em Campinas.

quinta-feira, 18 de julho de 2013

Eneagrama » Historico

O Eneagrama (do grego enneas; nove e gramma; algo escrito) satisfaz a esse enigma. Trata-se de uma antiga e maravilhosamente precisa descrição da personalidade humana em toda a sua diversidade e de como está diretamente ligada ao eu de cada pessoa.
Os psicólogos de diversas escolas descobriram que ele encontra uma correspondência surpreendentemente próxima de descrições modernas da personalidade. Simples, preciso e profundo, liga, explica e põe em um contexto elementos díspares do eu e modo como este funciona, o quem, de uma maneira, levaria anos para ser compreendido.
Não importa se a pessoa que quer se conhecer seja um iniciante ou alguém experiente, o Eneagrama desempenha um papel exclusivo na vida de quem quer que esteja procurando o desenvolvimento psicológico ou espiritual, ou mesmo que esteja em busca de uma ponte que uma esses dois aspectos.
Em qualquer estágio da vida, o Eneagrama propicia:


  • Uma compreensão mais profunda de quem somos, qual o nosso potencial e como realizá-los.
  • Crescimento autodirecionado a partir de qualquer nível para qualquer nível que quisermos.
  • Uma vida cotidiana mais harmoniosa.
  • Uma empatia mais profunda nos relacionamentos.
  • A percepção de nossa personalidade, aceitando nossos defeitos, integrando nossa sombra, compreendendo e usando para ajudar em nosso crescimento.
  • Compreendermos como nossa personalidade é a chave para nosso caminho espiritual pessoal, independente de nossa religião.
  • Última atualização em Seg, 03 de Janeiro de 2011 22:29

    sexta-feira, 5 de julho de 2013

    Autoconhecimento em Campinas.

    Psicoterapia como autoconhecimento em Campinas.
    A capacidade de agir como adultos maduros e integrados é em grande parte, determinada pelo modo como nossas necessidades especificas de desenvolvimento foram satisfeitas na primeira infância. As necessidades de afeto e proteção que não tiveram sido adequadamente atendidas podem ser vistas como lacunas que interferem em nossa capacidade de vivenciar a vida em sua plenitude.
    Em virtude de receber um amor condicional, a criança aprende desde cedo, que não é amada e aceita quando expressa sua naturalidade. Ela precisa reprimir seus sentimentos verdadeiros e com isso perde sua espontaneidade. Esses sentimentos ficam reprimidos em seu inconsciente. Ela não pode se rebelar, porque corre o risco de perder o que mais precisa o amor e a proteção dos pais.
    Ela precisa, portanto, moldar-se usando máscaras e representar papéis sociais para agradar aos pais e aos outros, e é ai, então, que ela se perde de si mesma, não vivendo sua verdadeira vida. Dessa forma ela fica alienada de uma parte de si mesma, vivendo uma vida falsa, criando um “falso self”, uma personalidade moldada sempre em busca de amor e aprovação do mundo externo. Esses sentimentos e desejos reprimidos principalmente a raiva saem da consciência e se esconde em um lugar sombrio inconsciente cujo nome Jung chama de sombra.
    Essa pessoa vive alienada de uma parte sua, sufocando sentimentos e desejos não aceitos principalmente pelos pais, religião e sociedade. É como que ela vivesse somente uma parte de si mesmo, como a metade de uma laranja. E como nossa psique “self” que regula nossa personalidade sempre busca nosso crescimento procurando completar essa laranja cindida.
    Ela procura ser aceita e respeitada pelas pessoas, demonstrando somente os sentimentos aceitáveis e aprovados. E com isso, ela cresce com um grande vazio interior, uma carência afetiva e uma falta de amor próprio que está sempre tentando preencher. Possui um profundo sentimento de ansiedade, medo e angustia com dificuldade de se impor diante da vida ou quando tem que lidar com situações de tensão emocional.
    Como ela reprime os sentimentos indesejáveis e a não aceitos, como por exemplo, a raiva. A raiva geralmente é vista pelas pessoas como um sentimento feio, que não deve ser exposto e vivenciado, porque muitas vezes em nossa infância sofremos violência física, vimos nossos pais brigarem e se agredirem. E ficamos assustados e temerosos com tal violência. E por fim acreditamos que o sentimento de raiva é isso.
    Na verdade a demonstração daquela raiva que era errada e imatura. Sempre que reprimimos um sentimento jogando para nossa sombra inconsciente, não dando vazão como o fluxo de um rio, ela se torna muito perigosa e violenta. Como a repressão das águas de um rio que transbordam quando ficam muito cheias, como um tissuname suas águas (sentimentos raiva reprimidos) saem sem controle avançando e destruindo sobre tudo a sua frente.
    E como ela vivencia conscientemente somente uma parte de si mesma, a outra fica no mundo sombrio inconsciente, ela cria uma ilusão, acreditando que essa é sua verdadeira personalidade, vive um falso self, uma personalidade “neurótica” então precisa representar vários papeis para ser aceita socialmente como de boazinha, perfeita ou bem sucedida profissionalmente, buscando aplausos o tempo todo, respeito e admiração do mundo externo. .
    A psicoterapia nos ajuda a perceber nossas defesas psíquicas, ilusões, máscaras e os papéis sociais usados que nos impedem de expressar nossa verdadeira essência.
    Buscamos resgatar nossa essência, nossa verdadeira naturalidade encoberta por uma personalidade neurótica, que julgamos ser nossa verdadeira personalidade. Quanto mais tomamos consciência de quem somos realmente, expressando o nosso si mesmo, aceitando todos nossos sentimentos alienados, resgatamos nossa auto-estima e amor próprio. “Ame o próximo como a si mesmo”. Se eu não tiver um profundo respeito e amor por mim mesmo, eu só posso usar e manipular as outras pessoas.
    Por isso, ao olhar para nos mesmos, para nossos sentimentos mais profundos, estamos sujeitos a descobrir verdades a nosso respeito de que jamais suspeitamos e a reviver antigas mágoas, medos e raivas. É por essa razão que é importante cultivar a compaixão em relação a nós mesmos: temos de amar-nos o bastante para saber que valemos o esforço de conhecer-nos como realmente somos. Quando queremos viver a verdade de quem fomos e quem somos agora e quando queremos curar-nos, nossa verdadeira natureza emerge, para isso só precisamos revelar-nos.
    Autoconhecimento em Campinas.